Logo Principal

Próxima Transmissão

Principal

Nossa Igreja

Ministérios

Programação

Multimídia

Boletim

Contato

Facebook

 

O início da IPJA

Histórico

Fundamentos

Pastores

Mapa

Conheça como começou a história da nossa igreja!

 

No ano 1963, o presbítero Pedro da Costa Leite, membro do conselho da Igreja Presbiteriana de São José dos Campos, vendo a necessidade da Igreja criar um trabalho no bairro do Jardim Augusta, onde ele morava, expôs a sua ideia ao Rev. José Duarte Júnior, até então pastor da igreja de São José dos Campos. Ao falar sobre o assunto, o presbítero ofereceu a sua residência para a abertura de um trabalho de evangelização no bairro. O pastor, achando uma ótima e muito oportuna ideia, levou o caso para o conselho que por sua vez a aprovou por unanimidade, ficando resolvido então que o trabalho seria organizado no dia 17 de março daquele ano, o que realmente se deu às 15h00min daquele dia. Inicialmente o projeto foi endereçado principalmente às crianças, com uma escolinha funcionando aos domingos à tarde. Pouco tempo depois, porém, foi criado um ponto de pregação do Evangelho, com os cultos aos domingos à tarde e às sextas-feiras à noite.


Expansão

As bênçãos de Deus foram tantas e o trabalho cresceu de tal maneira que o Conselho da Igreja sentiu a urgente necessidade de conseguir um local mais espaçoso para acomodar as crianças e os adultos que “acotovelavam-se” nas dependências da casa do presbítero Pedro Leite, localizada na Rua Berna, 322, no bairro do Jardim Augusta. Os responsáveis pelo ponto de pregação começaram então a procurar um lote de terreno para compra, que fosse o mais próximo possível do trabalho já existente. Foi então que encontraram o lote número 37 da Rua Estocolmo, a pouco mais de cem metros de onde o trabalho começou, o qual foi adquirido pela Igreja Presbiteriana de São José dos Campos.
Uma vez realizada a compra do terreno, o Conselho providenciou a compra de todo o material necessário para a construção de um salão de cultos que pudesse abrigar de 60 a 70 pessoas. Em pouco tempo o salão estava construído através de um sistema de mutirão organizado pelos próprios dirigentes dos trabalhos da Igreja naquele bairro.
O salão ficou pronto e foi inaugurado nos dias 26 e 27 de março de 1965 para consagração ao serviço do Senhor. Foi inaugurado com dois cultos especiais, ambos dirigidos pelo pastor da Igreja Rev. José Duarte Junior, com a participação do coral da Igreja.
Após o segundo culto realizado, foi então organizada a Congregação do Jardim Augusta, no dia 27 de março de 1965. Daquele ponto em diante, as reuniões passaram a ser realizadas aos domingos, sendo Escola Dominical às 09h30min e os cultos vespertinos às 19h30min, além das reuniões de oração às quartas-feiras, às 19h30min.
O grande crescimento do trabalho resultou na compra de um lote vizinho, aumentando a área de propriedade da Igreja para 550 m², permitindo a ampliação das acomodações a fim de abrigar o povo de Deus que ali se reunia para cultos de louvor a adoração ao Senhor.


A Organização da Igreja

No final do ano de 1969, um grupo de irmãos da Igreja Presbiteriana de São José dos Campos resolveu colaborar com os trabalhos da Congregação do Jardim Augusta. O entusiasmo e a dedicação desse grupo foram tais, que decidiram solicitar ao Presbitério Piratininga, através do Conselho, a organização da Segunda Igreja Presbiteriana de São José dos Campos, no bairro do Jardim Augusta.
Aceitando o pedido do Conselho, o Presbitério resolveu organizar a congregação em Igreja e para tal designou a seguinte comissão para o preparo e a instalação da mesma: presidente Rev. Ludgero Machado de Morais, secretário: Rev. Boanerges Ribeiro, então presidente do Supremo Concílio da IPB, e os presbíteros: Pérsio dos Santos Bonilha, José Xavier de Oliveira e Josué de Almeida e Silva.
No dia 18 de Janeiro de 1970, às 16h30min na sede da congregação, a Comissão Organizadora nomeada pelo Presbitério deu início aos trabalhos para o cumprimento da missão recebida.
A primeira medida tomada foi anunciar aos presentes o rol de membros com o qual começava a Igreja Presbiteriana do Jardim Augusta, a saber: 56 membros comungantes e 24 não comungantes. Com todos os membros maiores presentes, passou-se a eleição do primeiro Conselho e da primeira junta Diaconal da Igreja. Foram eleitos para presbíteros os irmãos: Adélio Mendes, Antonio Mendes, Antonio Alves dos Santos e Jovelino Garcia Novo. Para diáconos, foram eleitos os irmãos: Abdnego Candido de Lima, Antídio Silveira Mendes, José Augusto Pereira, José Onézio dos Santos, José Régis e Josué Pedro de Lima. Todos esses oficiais foram imediatamente ordenados e instalados, a fim de exercerem seus importantes mandatos e servirem ao Senhor na comunidade presbiteriana recém-organizada.

Após a ordenação e posse dos cargos dos oficiais, o secretário da Comissão, Rev. Boanerges Ribeiro, tomou a palavra e saudou a nova igreja em nome do Supremo Concílio conclamando o povo de Deus ali reunido a servir ao Senhor com alegria e a consagrar as suas vidas ante o altar do Senhor da Igreja. Com a solene proclamação do presidente da Comissão, Rev. Ludgero Machado de Morais, estava definitivamente instalada no bairro do Jardim Augusta a segunda Igreja Presbiteriana de São José dos Campos.


Fontes: Histórico da Igreja Presbiteriana do Jardim Augusta 18/01/1970 a 18/01/2000.

 

 

 

principal

Página Principal

 

nossa igreja

Histórico

Pastores

Fundamentos

Mapa

 

ministérios

IPJA

Coral Jovem

Projeto Dorcas

SAF

Coral Feminino

TOL

UCP

UMP

UPA

UPH

 

programação

Horários

 

multimídia

Ao Vivo

Vídeos

 

contato

Falo Conosco

mídia social

Facebook